Blog da célula – Foi por Amor – Grupo de comunhão.

Posts marcados ‘HERÓIS MORRERAM DE OVERDOSE renato russo janis elis regina michal jackson’

MEUS HERÓIS MORRERAM DE OVERDOSE

Kurt Donald Cobain

Músico norte-americano, conhecido por ter sido o guitarrista, vocalista e compositor da banda Nirvana. Durante os últimos anos de sua vida lutou contra o vício da heroína, a doença e a depressão, a sua fama e imagem pública, bem como as pressões ao longo da vida profissional e pessoal em torno a si mesmo e sua esposa. Foi encontrado morto em sua casa em Seattle, vítima do que foi oficialmente considerado um suicídio por um tiro de espingarda na cabeça aos 27 anos.

Cássia Eller

Foi uma cantora e violonista do rock brasileiro dos anos noventa. Era homossexual e morava com a parceira, teve grandes problemas com álcool e outras drogas. Vítima de um infarto do miocárdio. A hipótese de overdose como causa da morte aos 39 anos.

Jimi Hendrix

Foi um guitarrista, cantor e compositor norte-americano. Sua namorada o encontrou morto ao seu lado em um apartamento em Londres, Hendrix tinha se asfixiado (literalmente afogado) em seu próprio vômito, composto principalmente de vinho tinto. Morreu aos 27 anos.

Jim Morrison

Cantor, compositor e poeta norte-americano, vocalista da banda de rock The Doors. Em uma cerimônia pagã ele se casou com Pam Courson. Pam o encontrou morto na banheira de sue apartamento em Paris. O atestado de morte afirma que ele morreu de um problema cardíaco agravado pelo uso de álcool seguido de um abrupta mudança de temperatura, mas há suspeita de que sofreu uma overdose de heroína. Pam morreu de overdose de heroína 3 anos depois. Ambos com 27 anos. Outra hipótese seria um assassinato planejado pelas próprias autoridades do governo americano. Morrison foi referido como sendo o nº 4 a morrer misteriosamente, tendo sido os três primeiros Jimi Hendrix, Janis Joplin e Brian Jones (todos mortos com 27 anos).

Janis Joplin

Cantora. Após uma série de ensaios Fo encontrada pelo guitarrista de sua banda, morreu de overdose de heroína aos 27 anos.

Marilyn Monroe

Atriz dos anos 50. Envolveu-se em diversos escândalos e casos extra-conjugais. Viveu promiscuamente e logo entrou em crise mental. Em Agosto de 1962 estava completamente dependente de medicamentos. Por recomendação do psiquiatra a governanta Eunice Muray passou a dormir na casa da atriz em Brentwood, de modo que uma noite, encontrou a patroa morta na cama,  a versão oficial foi de morte por  overdose pela ingestão de barbitúricos (sedativos e calmantes). Morreu aos 36 anos.

Elis Regina

Cantora de MPB,  morreu devido a complicações decorrentes de uma overdose de cocaína, tranqüilizantes e bebida alcoólica. Tinha 36 anos

Bob Marley

Foi um cantor, guitarrista e compositor jamaicano, conhecido músico de reggae de todos os tempos. Começou a usar maconha com 7 anos. Era adepto da religião rastafári, um grande defensor da maconha morreu de câncer no pulmão e cérebro aos 36 anos.

Sid Vicious

Músico inglês, conhecido por tratar-se de um ícone da cultura punk, baixista da banda Sex Pistols. Ele encontrou a namorada, Nancy Spungen ,morta no banheiro do quarto, onde moravam com uma facada no abdome. Uma das histórias, diz que Sid estava drogado e a matou. Sid foi preso acusado de assassinar a mulher e, arrasado, tentou se matar várias vezes na cadeia. Todos acreditavam na desintoxicação de Sid mas, após a festa em homenagem a sua libertação na casa de sua mãe, ele se trancou no banheiro e injetou uma dose a mais de heroína. Depois foi encontrado morto, deitado de costas na cama do apartamento. Morreu aos 21 anos, de overdose de heroína. Acredita-se que Sid havia roubado a droga da própria mãe e até mesmo que ele se suicidou por não conseguir viver sem Nancy.

Freddie Mercury

Foi o vocalista da banda de rock britânica Queen, considerado pelos críticos e por diversas votações populares um dos melhores cantores de todos os tempos e uma das vozes mais conhecidas do mundo. Em 1991, surgiam rumores de que Mercury estava com AIDS, que se confirmaram em uma declaração feita por ele mesmo em 23 de novembro, um dia antes de morrer devido a complicações por pneumonia. Freddie era bissexual e morreu aos 45 anos.

James Dean

Ator estadunidense considerado por muitos como um ícone cultural, como a melhor personificação da rebeldia e angústias próprias da juventude da década de 1950. Fora dos sets de filmagem, era conhecido por uma agitada vida social, fumava e bebia, e possuía um enorme fascínio por carros velozes e pela velocidade em si – Paixão que lhe custou a vida. Quando se dirigia para uma corrida envolveu-se num acidente fatal, partindo imediatamente a coluna vertebral e sofrendo de hemorragias internas. Quando foi colocado na ambulância, o passageiro que estava a seu lado, o mecânico Rolf Wütherich, ouviu “um grito suave emitido por Jimmy – a lamúria de um menino chamando sua mãe ou de um homem encarando Deus.”O médico-legista observou que o corpo de James Dean era coberto de cicatrizes. Num bar de Hollywood, onde era conhecido como “Cinzeiro Humano”, ele oferecia seu peito e pedia às pessoas que apagassem seus cigarros nele. Morreu aos 24 anos,

Dee Dee Ramone

Foi baixista de uma das bandas mais famosas da história do punk rock, a banda estadunidense Ramones. Foi encontrado morto em sua casa em Hollywood devido a uma overdose de heroína. Ele tinha 49 anos.

Cazuza

Foi um cantor e compositor brasileiro, que ganhou fama como poeta da sua geração enquanto vocalista e principal letrista da banda Barão Vermelho. Também ficou conhecido por ser rebelde, boêmio e polêmico, tendo declarado em entrevistas que era bissexual. Em 1989 declarou ser soropositivo e sucumbiu à doença em 1990. Morre aos 32 anos por um choque séptico causado pela AIDS.

Michael Jackson

Famoso cantor, compositor, dançarino, produtor e empresário norte-americano. Começou a cantar e a dançar aos cinco anos de idade, iniciando-se na carreira profissional aos onze anos como vocalista dos Jackson 5. Nos últimos anos, foi citado como “a pessoa mais famosa do mundo”.  Segundo o jornal “The Sun”, o rei do pop estava pesando apenas 51 quilos, tinha comprimidos dissolvidos no estômago, várias costelas quebradas, não tinha cabelos e nem a ponta do nariz. Ainda segundo o jornal, o corpo de Michael Jackson estava com pelo menos 13 cicatrizes de operações estéticas realizadas por ele. Em declaração aos jornais, a Babá dos filhos de Michael disse que o cantor era viciado em remédios. O cantor parou de respirar após tomar uma injeção de um poderoso analgésico, parecido com morfina. Morreu aos 50 anos.

Renato Russo

Foi um cantor, compositor e músico brasileiro, membro da banda Legião Urbana e do Aborto Elétrico. Ele cortou seus próprios pulsos ficando incapacitado de tocar baixo. Em 1990, ocorre uma grande mudança na banda. Renato Russo assume publicamente ser homossexual e descobre ser portador do vírus da AIDS. Renato também conhece a maior paixão de sua vida, o americano Scott, que lhe vicia em heroína. Estava tão afundado no vício, que, durante a turnê deste disco, quando o Legião estava excursionando pelo nordeste, alguns shows tiveram que ser desmarcados, já que Renato estava caindo de bêbado e com fortes tendências suicidas Fraco e com 20 quilos abaixo do peso, Renato falece aos 36 anos.

  • “Meus heróis morreram de overdose” um pequeno trecho da música Ideologia de Cazuza, pra mim já disse tudo. Gerações marcadas por ídolos que morreram afogadas em seus vícios, comportamentos exuberantes, “liberais”! Quantos jovens não tem esses e muitos outros artistas como “heróis”? E o que aconteceu com esses jovens? E o que vai acontecer com os jovens de hoje que adoram esses “heróis”? Será que a juventude quer morrer como eles? Deixar o legado que eles deixaram? Afinal qual legado é esse?
  • Tem ainda uma lista com mais de 30 desses “heróis” que morreram da mesma forma, muitas vezes as causas das mortes vão sendo suncumbidas. Mas o que é ser um ícone, “um herói”? Tem que marcar de alguma maneira e qual a melhor senão a REBELDIA, essa associada à liberação sexual e ao uso de drogas. Mas pessoas assim não estão somente no mundo do Rock, Pop, não são somente artistas estão em todos os lugares. O script é parecido. Eles conseguem  escapar mais facilmente da repressão policial às drogas. “Existe uma glamourização do uso da droga. Mas, quando ocorre uma morte, faz-se de conta que houve apenas um acidente”, afirma o psiquiatra Werner Zimmermann, especialista no tratamento de dependentes. “É preciso atentar para o mal que isso causa.”
  • Não há evidências de que as drogas tornem alguém mais criativo ou inteligente. Ao contrário. Sabe-se que elas podem destruir a racionalidade de uma pessoa, abreviando com a morte ou a loucura a vida. E, como trágico efeito colateral, disseminando o uso.

Vamos ficar atentos a verdade que liberta! Na vida de Jesus, pois ele sim é o único herói que pode salvar a todos desse Mundo.

Jesus Cristo


Não morreu de overdose. Foi assassinado cruelmente as 33 anos. Ressuscitou depois de 3 dia. Dividiu a história em antes e depois dele. Entre ele e qualquer outra pessoa não há comparação possível. Está vivo hoje e afirma a todos que estão escravizados a alguma coisa: “Se o Filho os libertar, vocês serão de fato livres” (João 8:36).
Esse é meu herói Jesus Cristo de Nazaré.

Criado por : Luana Alves Souza
Inspirado na Pregação exibida Igreja Batista Getsemani –  por Pr Lúcio Barreto Junior,  Pr Davi Lago e Teatro Mocidade Igreja Batista Getsemani.