Blog da célula – Foi por Amor – Grupo de comunhão.

Arquivo por Autor

Imagem

Lei da semeadura!

20140708-113228.jpg

Anúncios

Aconteceu- Confrajovem 2014

Muitas pessoas me perguntam: É possível agradar a Deus numa balada ?
ou Adorar a Deus em outros estilos musicais mais variados ? eu sempre digo: É possível se divertir, louvar na balada, através da dança da arte e por ae vai…
Nos dias atuais podemos nos divertir num só espirito de edificação e crescimento espiritual?
Confira o que aconteceu nos dias 20,21 e 22 de julho o congresso Confrajovem promovido pela Igreja Batista da Lagoinha, tudo preparado com foco do crescimento espiritual, tivemos o privilégio de receber mais de 8 mil pessoas ! Foi lindo ! Confira o Vídeo.
No próximo ano você também pode participar, vieram visitantes de vários locais do brasil.

DJ-PV-1-1024x682

DJ PV “Som da Liberdade”

oficinag3

Oficina G3

O socorro

Leitura: Salmo 46
Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações. —Salmo 46:1
Um certo homem caçava com amigos perto de Balmoral, propriedade rural da rainha da Inglaterra.
Na caminhada, ele torceu o tornozelo tão severamente que não conseguia continuar. Então disse a seus amigos que continuassem e ele esperaria à beira da estrada.

Enquanto estava lá sentado, um carro que descia a estrada reduziu a velocidade e parou. A mulher que dirigia abaixou o vidro e perguntou se ele estava bem. Ele explicou que estava esperando seus amigos retornarem. Ela disse: “Entre no carro; eu levo você até onde está hospedado.” Ele mancou até o carro e ao abrir a porta percebeu que a mulher era a Rainha Elizabeth!

Por mais que receber socorro da rainha da Inglaterra seja algo surpreendente, nós temos uma oferta de socorro que é ainda maior. O Deus Criador do universo desceu ao nosso mundo, vê a nossa dificuldade e oferece Seus recursos para nos ajudar. Como o salmista afirma confiantemente, “Deus é […] socorro bem presente nas tribulações” (Salmo 46:1). Nosso Salvador nos ajuda ao nos dar graça para persistir, Sua Palavra para nos manter, amigos para nos encorajar e orar por nós, e dando-nos a confiança de que Ele, no fim das contas, tudo fará para que todas as coisas cooperem para o nosso bem espiritual.

Da próxima vez em que você se sentir fracassado à beira da estrada da vida, procure o seu Ajudador.

Alegre-se! O seu Deus é um Rei ajudador.

Bom dia!

Emergindo

Leitura: Colossenses 1:15-23 

…pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis… —Colossenses 1:16

ImagemOs seres humanos confundem realidades visíveis e invisíveis, naturais e sobrenaturais. Pensei nisso ao observar as baleias. Elas descansam na superfície por um tempo e aproveitam para respirar fundo. Assim criam jatos espetaculares antes de imergirem novamente para alimentar-se.

Mesmo vivendo entre plantas e criaturas marinhas, a baleia deve emergir em busca de oxigênio. Caso contrário, morre, pois precisa de contato vital com o ar para sobreviver.

Algumas vezes me sinto emergindo em busca de ar espiritual em intervalos frequentes para permanecer vivo. Não há uma divisão nítida entre o natural e o sobrenatural. As coisas não são de um jeito ou de outro exclusivamente. O que faço como cristão — orar, adorar, demonstrar o amor de Deus aos doentes, carentes e aprisionados — é sobrenatural e natural.

O mesmo Deus que criou o mundo visível aos nossos olhos, o sustém diligentemente e proveu um caminho para nos aproximarmos dele; o invisível. Paulo escreveu: “…outrora, éreis estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras malignas, agora, porém, vos reconciliou no corpo da sua carne, mediante a sua morte…” (Colossenses 1:21,22).

As nossas ações acontecem no mundo visível, e podemos tocar, sentir aromas e ver. No entanto, o Criador e Sustentador de todas as coisas proveu uma maneira de respirarmos o necessário e almejado ar espiritual.

 

O trono de Deus é sempre acessível a Seus filhos.

Interrupções ou Livramentos

19/05/2014

Leitura: Marcos 5:21-34 “E, passando Jesus outra vez num barco para o outro lado, ajuntou-se a ele uma grande multidão; e ele estava junto do mar.22 E eis que chegou um dos principais da sinagoga, por nome Jairo, e, vendo-o, prostrou-se aos seus pés, 23 E rogava-lhe muito, dizendo: Minha filha está à morte; rogo-te que venhas e lhe imponhas as mãos, para que sare, e viva. 24 E foi com ele, e seguia-o uma grande multidão, que o apertava. 25 E certa mulher que, havia doze anos, tinha um fluxo de sangue, 26 E que havia padecido muito com muitos médicos, e despendido tudo quanto tinha, nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior; 27 Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na sua veste. 28 Porque dizia: Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei. 29 E logo se lhe secou a fonte do seu sangue; e sentiu no seu corpo estar já curada daquele mal.30 E logo Jesus, conhecendo que a virtude de si mesmo saíra, voltou-se para a multidão, e disse: Quem tocou nas minhas vestes? 31 E disseram-lhe os seus discípulos: Vês que a multidão te aperta, e dizes: Quem me tocou? 32 E ele olhava em redor, para ver a que isto fizera. 33 Então a mulher, que sabia o que lhe tinha acontecido, temendo e tremendo, aproximou-se, e prostrou-se diante dele, e disse-lhe toda a verdade. 34 E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai em paz, e sê curada deste teu mal.”

O conselho do Senhor dura para sempre; os desígnios do seu coração, por todas as gerações. —Salmo 33:11

ImagemUma família estava feliz com uma viagem planejada. Tinham comprado as passagens aéreas e reservados os quartos de hotel. Mas duas semanas antes da viagem, descobriram que precisaria cancelar, para lidar com uma emergência. Ficaram decepcionadas por que os  planos foram interrompidos.

Os discípulos de Jesus o estavam acompanhando em uma missão urgente quando sua viagem foi interrompida (Marcos 5:21-42).

A filha de Jairo, um líder da sinagoga, estava morrendo. O tempo era crucial e Jesus estava a caminho da casa de Jairo, quando repentinamente parou e disse: “…Quem me tocou nas vestes?” (v.30).

Os discípulos pareciam irritados pela pergunta e disseram : “…Vês que a multidão te aperta e dizes: Quem me tocou?” (v.31). Mas Jesus viu o acontecimento como uma oportunidade para ministrar a uma mulher em sofrimento. Sua doença a havia tornado cerimonialmente impura e incapaz de participar da vida em comunidade por 12 anos! (Levítico 15:25-27).

Enquanto Jesus falava com esta mulher, a filha de Jairo faleceu. Era tarde demais — ou pelo menos parecia. Mas o atraso permitiu que Jairo experimentasse um conhecimento ainda mais profundo de Jesus e de Seu poder — poder até mesmo sobre a morte!

Algumas vezes, nossa decepção pode ser desígnio de Deus.
Pode ser um livramento ou seja lá oque for reflita.

 

Descubra o propósito de Deus na próxima inconveniência em seu caminho.

Muitos conselheiros

Leitura: Provérbios 15:16-23 

Onde não há conselho fracassam os projetos, mas com os muitos conselheiros há bom êxito. —Provérbios 15:22

 

ImagemO teólogo do século 15, Tomas de Kempis, disse: “Quem é sábio o suficiente para ter conhecimento perfeito de todas as coisas? Portanto, não confie tanto em sua própria opinião, mas esteja pronto para ouvir também a opiniões dos outros. Ainda que sua própria opinião seja boa, se por amor a Deus você a abandonar e seguir a opinião de outro, você terá mais ganho.” Tomas reconheceu a importância de seguir as opiniões de conselheiros confiáveis ao fazermos planos para a vida.

Para compreender a direção divina para a vida, a pessoa sábia deveria estar aberta às muitas possibilidades de conselho por meio dos quais Deus dará a conhecer a sabedoria da Sua orientação. Quando uma pessoa busca o conselho sábio de outros, demonstra a sua percepção de que pode estar negligenciando alguns fatores importantes em suas decisões.

Salomão, o homem mais sábio em Israel, escreveu sobre como é importante ter conselhos de outros: “Onde não há conselho fracassam os projetos, mas com os muitos conselheiros há bom êxito” (Provérbios 15:22).

O Senhor é um Maravilhoso Conselheiro (Isaías 9:6), e deseja nos proteger por meio de conselheiros sábios. Busque-os e agradeça a Deus por eles. Permita que eles o ajudem a descobrir uma imagem mais clara do plano de Deus para a sua vida.

Eu penso que não teremos tempo suficiente para errar em todas as áreas de nossas vidas, e podemos aprender vendo os erros dos outros, incluindo conselhos de pessoas mais experientes em outras áreas que passaram por situações adversas.

 

Se você busca conselho sábio, suas chances de fazer decisões sensatas são multiplicadas.

As aparências enganam!

Leitura: Mateus 23:23-31
…limpa primeiro o interior… —Mateus 23:26

Uma garota no cabedeleiro: “Seus cabelos são muito saudáveis”, disse meu cabeleireiro ao cortá-los. “Espero que seja porque você usa nossos produtos.” “Não. Sinto muito”, respondi. “Simplesmente uso qualquer produto barato e com perfume agradável.” Mas acrescentei: “Eu também tento me alimentar bem. Acho que isso faz uma grande diferença.”

Quando penso nas coisas que fazemos para termos boa aparência, lembro-me de algumas das coisas que fazemos para termos boa aparência espiritual. Jesus tratou desta questão com os líderes religiosos e Jerusalém (Mateus 23). Eles seguiam um conjunto de regras religiosas bem elaboradas que iam muito além daquelas que Deus havia dado. Eles trabalhavam muito para ter boa aparência entre seus semelhantes, para provar que eram melhores que outros. Mas seu trabalho árduo não impressionava a Deus. Jesus lhes disse: “…porque limpais o exterior do copo e do prato, mas estes, por dentro, estão cheios de rapina e intemperança!” (v.25). O que os fariseus faziam para ter boa aparência aos olhos dos outros, na verdade, revelava que eles não eram nada bons.

Cada cultura valoriza diferentes tradições e comportamentos religiosos, mas os valores divinos transcendem culturas. E o que Deus valoriza não é medido pelo que os outros veem. Ele valoriza um coração limpo e motivações puras. A saúde espiritual se expressa de dentro para fora.

 

Podemos ter boa aparência externa, mas as aparências enganam.